Uma Analogia: Expressividade Musical e Poesia

 

85eadf323d76f44542bbb5ed682a48d1

A foto acima foi encontrada no Pinterest

Imagine um poeta com sua alma sensível querendo expressar o que lhe vai na alma mas sem saber escrever ou ler. É possível que ele registre sua arte desta maneira?
Ele só consegue registrar no papel sua sensibilidade e visão de mundo se primeiro ele tiver domínio da língua, da escrita, da leitura obviamente.

rose-764267_1920

A foto acima foi encontrada no Pixabay.

Esse domínio é apenas a parte técnica da coisa e serve apenas de instrumento para que ele brinque com as palavras elegantemente expressando seus sentimentos não é mesmo?
Esses sentimentos são a essência da sua arte. Ou seja, a arte usa a técnica como um instrumento para expressar a sensibilidade artística.

grass-3765172_1920

A foto acima foi encontrada no Pixabay.

Da mesma maneira, quando  uma pessoa aprende a tocar um instrumento, percebe logo que primeiro ela tem que entender a técnica de como manipular aquele instrumento antes que consiga dar vazão a sua sensibilidade artística que está lá desejando se manifestar mas que ainda não sabe como se manifestar pela ponta dos dedos .

e5cc9f1413bc2f91add81436d9b62c24A foto acima foi encontrada no Pinterest.

E este aluno quando começa a dominar a técnica que lhe serve de suporte, começa a sentir a satisfação de conseguir expressar o que lhe vai na alma em sua música porque nada mais bloqueia esse fluxo que agora ele consegue transmitir por entre os dedos.

d9d580e73a02578b201c33d5ace378f8A foto acima foi encontrada no Pinterest.

Pensemos também na diferença que existe ao ouvinte em ouvir alguém lendo uma poesia ou alguém declamando uma poesia.
Quando a poesia é declamada, tem ali toda a alma da pessoa sentindo cada parte dela. É muito diferente da leitura fria de um texto.

poetry-2117720_1920

A foto acima foi encontrada no Pixabay.

Da mesma forma o músico deve aprender e ter por objetivo “declamar” as melodias de uma frase musical ao invés de tocá- las friamente sem expressar ali sentimentos.

É possível desenvolver essa expressividade artística em tudo que se estuda, ainda que seja um material técnico, porém só sobra espaço para a expressividade artística quando  o material a ser estudado  se encontra suficientemente “digerido”.

Ninguém estuda música apenas para tocar “certo”. Todos buscam manifestar sentimentos, a beleza que suas almas sentem.

leaves-1037624_1920

A foto acima foi encontrada no Pixabay.

Os poetas da mesma forma, ao escrever a poesia querem transmitir uma mensagem , transmitindo muito de sua sensibilidade de alma.

E para quem aprecia toda expressão de arte , eleva junto suas vibrações, aceitando o convite do artista a passear em outras vibrações de belezas infinitas e se beneficia dessa elevação. É bom tanto para o artista quanto para os apreciadores da arte.

Muita paz a todos, Catarina.

poesia, arte, expressividade musical, interpretação artística, tocar um instrumento, violino, aulas de violino, desenvolvimento artístico, técnica e arte, poeta, interpretar música, música, dom artístico, interpretar um instrumento musical, interpretar violino, sensibilidade artística, sensibilidade de alma, elevação da frequência vibratória, beleza artística, alma, beleza de alma.

 

Anúncios

2 comentários sobre “Uma Analogia: Expressividade Musical e Poesia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s